Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Início
Início do conteúdo da página
FÍSICA

Inicia a Residência Pedagógica da Licenciatura em Física do IFSP-Caraguatatuba

Publicado: Quarta, 23 de Novembro de 2022, 17h32 | Última atualização em Quarta, 23 de Novembro de 2022, 17h34

Nos meses de outubro e novembro de 2022, foram realizadas as ações necessárias para o início das atividades do Programa de Residência Pedagógica (PRP) associado ao curso de Licenciatura em Física do campus de Caraguatatuba do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), que ocorre sob a coordenação do Docente Orientador (D. O.) Ricardo Roberto Plaza Teixeira, docente do curso de Licenciatura em Física do IFSP-Caraguatatuba. A partir de outubro de 2022, por um total de 18 meses, os estudantes universitários do curso de Licenciatura em Física que foram selecionados como bolsistas residentes deste programa atuarão em três instituições de ensino médio públicas situadas no litoral norte paulista: o próprio IFSP-Caraguatatuba, a Escola Estadual Professora Maria José da Penha Frugoli (situada no município de São Sebastião) e a Escola Técnica Estadual de Caraguatatuba (ETEC-Caraguatatuba). Os três professores preceptores de física e que lecionam a disciplina de física para turmas de ensino médio das três instituições educacionais que foram selecionados foram os docentes Nadjara dos Santos, Osvaldo Stefanini e Altivo Alexandre de Govêa Junior, respectivamente.

Imagem 1 - Preceptores Nadjara, Osvaldo e AltivoImagem 1 - Preceptores Nadjara, Osvaldo e Altivo 

Os estudantes de licenciatura em física bolsistas do Programa de Residência Pedagógica atuarão juntamente com estes três preceptores nas aulas de física que eles lecionam para alunos das três instituições de ensino selecionadas, ajudando a implementar propostas que possam produzir uma melhor qualidade de ensino. Ao todo são 15 estudantes (5 para cada uma das 3 instituições de ensino) da licenciatura em física (denominados residentes) que receberão uma bolsa de 400 reais mensais por 18 meses; além deles, há também 3 estudantes da licenciatura em física que são voluntários neste programa (1 para cada uma das 3 instituições de ensino). Os estudantes que cumprirem os 18 meses de Residência Pedagógica terão a possibilidade de integração entre as atividades de Residência Pedagógica e as 400 horas de estágio supervisionado do curso de Licenciatura em Física, com o aproveitamento de carga horária de participação no Programa de Residência Pedagógica como estágio curricular supervisionado

Os residentes durante a Residência Pedagógica deverão realizar atividades como: estudo sobre os conteúdos da área e sobre metodologias de ensino, familiarização com a atividade docente por meio da ambientação na escola e da observação semi-estruturada em sala de aula, elaboração de relatório juntamente com o preceptor e o docente orientador, avaliação da experiência, elaboração de planos de aula e regência de aula com acompanhamento do preceptor.

Os 15 alunos da licenciatura em física do IFSP-Caraguatatuba que foram selecionados e atuarão como bolsistas residentes no Programa de Residência Pedagógica da Licenciatura em Física, a partir deste momento, como bolsistas, são: Amanda Salgueiro de Souza; André da Silva Mendes; William Damasio Pereira; Nicoli Rocha Santos; Jeane Leal de Oliveira Rocha; Rommel Castelo Branco; Iago dos Reis Palacio; Henrique Madeo Pereira; Julia Carbone Carneiro; Rick Elvis Vieira Oliveira; Victor Alex Temoteo Galante; Thomas Diego de Oliveira Cabrera Filho; Getulio Gonçalves Peres Marques; Olga Barbosa Cardoso; Douglas Pereira da Silva. Por sua vez, os 3 alunos selecionados como voluntários para o Programa de Residência Pedagógica da Licenciatura em Física são: Yasmin Francisca dos Santos Coelho, José Henrique Gomes Tosta; Flavio Gil Alves Paiva.

Neste início de execução do PRP, os licenciandos que atuarão no IFSP-Caraguatatuba serão: Amanda, André, William, Nicoli e Jeane como residentes (Yasmin é voluntária). Por sua vez os licenciandos que atuarão na ETEC-Caraguatatuba serão: Rommel, Iago, Henrique, Julia e Rick como residentes (José é voluntário). Finalmente, os licenciandos que atuarão na Escola Estadual Frugoli serão: Victor, Thomas, Getulio, Olga e Douglas (Flávio é voluntário).

As reuniões iniciais entre os licenciandos, o preceptor de cada escola e o professor (docente orientador) Ricardo Plaza aconteceram com o intuito de explicar os compromissos e as atribuições dos residentes, bem como as regras de conduta dos licenciandos em cada uma das escolas-campo onde eles atuarão.

A reunião inicial dos residentes e do voluntário da Escola Estadual Frugoli com o preceptor Osvaldo Stefanini ocorreu em 07/11/2022, na sala da coordenação da Escola Estadual Frugoli. Estiveram presentes os licenciandos Victor, Getulio, Olga, Douglas e Flavio; por parte da Escola Estadual Frugoli, além do professor Osvaldo Stefanini, esteve presente também o coordenador Vitor Paulo Fida da Gama. Após o final da reunião com os professores Osvaldo e Vitor, a equipe do IFSP se encontrou com outros docentes da Escola Estadual Frugoli, como a diretora Virginia Célia Gomes da Silva, o vice-diretor Renato Coimbra, o professor de física Jadir Ortiz de Godoy e a professora de biologia Miriam dos Santos Coelho Quaresma. O residente Thomas não pode estar presente nesta reunião inicial e justificou sua falta; Thomas se reuniu no dia seguinte (08/11/2022) com o professor Osvaldo para se informar sobre o que havia sido decidido na reunião do dia anterior.

Imagem 2 –Ricardo, Osvaldo, Vitor, Victor, Douglas, Flávio, Olga e GetulioImagem 2 –Ricardo, Osvaldo, Vitor, Victor, Douglas, Flávio, Olga e Getulio

 Imagem 3 – Professores Osvaldo, Renato, Vitor, Ricardo, Miriam, Virginia e Jadir Imagem 3 – Professores Osvaldo, Renato, Vitor, Ricardo, Miriam, Virginia e Jadir

Imagem 4 – Professor Ricardo Plaza e licenciando Thomas DiegoImagem 4 – Professor Ricardo Plaza e licenciando Thomas Diego

A reunião inicial dos residentes que atuarão junto às turmas de ensino médio (integrado com o curso técnico em informática) do IFSP-Caraguatatuba com a preceptora Nadjara dos Santos ocorreu em 08/11/2022, em uma sala do próprio IFSP-Caraguatatuba. Estiveram presentes os residentes Amanda, André, William, Nicoli e Jeane.

Imagem 5 – Nadjara, Amanda, Jeane, Nicoli, Ricardo, André e WilliamImagem 5 – Nadjara, Amanda, Jeane, Nicoli, Ricardo, André e William

Imagem 6 – André, William, Amanda, Jeane, Nicoli e os professor Ricardo e NadajaraImagem 6 – André, William, Amanda, Jeane, Nicoli e os professor Ricardo e Nadajara

Ocorreram duas reuniões iniciais com os residentes da ETEC-Caraguatatuba. A primeira aconteceu no dia 07/11/2022, em uma sala de aula do IFSP-Caraguatatuba, e teve como objetivo fornecer as informações iniciais aos licenciandos que vão atuar na ETEC-Caraguatatuba. Estiveram presentes os residentes Rommel, Julia, Rick e Henrique; o residente Iago não pode estar presente, mas justificou a sua falta. A segunda reunião ocorreu na própria ETEC-Caraguatatuba, em 21/11/2022 e contou com a presença do professor Altivo e da professor Cassia Bueno Miguel Pereira (coordenadora pedagógica na ETEC-Caraguatatuba), juntamente com o professor Ricardo Plaza e os residentes Iago, Rommel, Henrique e Rick. O agendamento dessa segunda reunião aconteceu com o apoio fundamental fornecido por Leonardo Bottini Prates que é Assessor Técnico Administrativo (ATA) da ETEC-Caraguatatuba.

Imagem 7 – Rommel, Altivo, Rick, Ricardo, Henrique e Julia, na reunião no IFSPImagem 7 – Rommel, Altivo, Rick, Ricardo, Henrique e Julia, na reunião no IFSP

 Imagem 8 – Cassia, Altivo, Rommel, Henrique, Rick, Iago e Ricardo, na reunião na ETEC Imagem 8 – Cassia, Altivo, Rommel, Henrique, Rick, Iago e Ricardo, na reunião na ETEC

O Programa de Residência Pedagógica (PRP) é uma das iniciativas de política de formação inicial de docentes, criada pela Portaria n.º 38 da CAPES de 28 de fevereiro de 2018, disponível no link <https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/28022018-portaria-n-38-institui-rp-pdf>. Sua administração é conduzida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), que acolhe projetos que possam fomentar a residência pedagógica e contribuir para o aperfeiçoamento da formação de docentes em nível superior e para a melhoria de qualidade da educação básica pública brasileira. O PRP no âmbito do IFSP como um todo (para os diferentes cursos de Licenciatura dos diversos campus do IFSP existentes no estado de São Paulo) tem como coordenador institucional o professor Fernando Schoenmaker.

Imagem 9 – Professor Fernando SchoenmakerImagem 9 – Professor Fernando Schoenmaker

A Residência Pedagógica permite uma integração de fato entre a instituição formadora de professores (no nosso caso, o IFSP) e as demandas reais da sala de aula das escolas campo, de modo a enriquecer o currículo da Licenciatura e permitir que os licenciandos vivenciem a profissão na prática, antes do término da graduação.

 

Fonte: Prof. Dr. Ricardo Roberto Plaza Teixeira

registrado em:
Fim do conteúdo da página